Pratos de inverno e vinhos que acompanham

vinhos e pratos de inverno

Vinhos e pratos típicos de inverno? Quando o termômetro atinge as temperaturas mais baixas do ano e o fogão domina a casa com os irresistíveis aromas das comidas mais deliciosas da estação, vale a pena saber que tipos de vinhos argentinos combinam melhor com determinados ingredientes. E assim, a cada bocado, se sentir bem agasalhado.

Os vinhos argentinos são ideais para acompanhar distintas comidas invernais. A grande diversidade de estilos e cepas permite ter sempre à mão um rótulo perfeito (de várias regiões, terroirs e vinícolas) para harmonizar com as receitas da culinária caseira. 

Nesta ocasião escolhemos três guisados poderosos (dois vegetarianos — um suave, outro mais apimentado — e um clássico com carne) para descobrir a paleta de possibilidades na hora de escolher um vinho argentino ideal para saborear com um prato bem quente. 

Wine tip: uma dica útil a considerar na hora de acompanhar os pratos que mais desfrutamos nesta época é que o vinho deve compensar a gordura, o teor calórico e também a temperatura da refeição. Nunca pense em um vinho muito forte se o prato tiver saído de uma panela fumegante. 

Para estes casos, funcionam melhor os tintos leves e frescos, com envelhecimento suave e teor alcoólico moderado. Inclusive, alguns brancos — estes sim, podem ser fortes — tem tudo para funcionar.

vinhos e pratos de inverno

Vinhos e pratos de inverno

Feijoada com acelga 

Energético, nutritivo e super saudável, o feijão é o combustível que alimenta milhões de pessoas diariamente no mundo. O que poucos sabem é que a Argentina está entre os primeiros dez países produtores e exportadores de feijão do planeta. A sua produção se concentra nas províncias do norte (Salta e Jujuy), e 90% do total cultivado é exportado.  

É claro que o feijão é um ingrediente fundamental em muitas receitas de inverno, pois acrescenta cremosidade e potência à preparação. Aqui, combinado com acelga e tomate, pode ser uma ótima opção vegetariana para aquecer o corpo e enfrentar os dias mais frios.

vinhos e pratos de inverno

Ingredientes 

2 pés de acelga (com as folhas cortadas em tiras finas), ¼ xícara de azeite de oliva extra virgem, 3 dentes de alho cortados em pedaços fininhos, 1 colher (chá) de páprica doce, 1 lata de tomate picado (ou tomates frescos descascados), 300 g de feijão (já deixado de molho e cozido — também pode ser uma lata), sal a gosto.

Modo de preparo

Escalde a acelga em água fervente, escorra bem e reserve. Em uma frigideira, aqueça o azeite, adicione o alho e a páprica, cozinhe em fogo moderado até dourar, por cerca de um minuto. Acrescente os tomates e continue refogando. Agregue o feijão cozido, a acelga e misture bem todos os ingredientes, para que os sabores se integrem. Coloque sal a gosto e sirva.

Sugestão de harmonização: os tintos jovens de Bonarda são ideais para estas preparações como, por exemplo: Lamadrid Single Vineyard Bonarda, Chakana Sobrenatural Bonarda Sem Sulfitos e Laborum Bonarda dos Valles Calchaquíes. Uma combinação perfeita de vinhos e sabores de inverno.

Carne de panela ao molho de vinho tinto 

Sem dúvida, um dos clássicos ensopados franceses, o Boeuf bourguignon, feito com carne cozida lentamente com alho, cebola, cenoura, sal e ervas aromáticas, é o pai de todas as preparações de panela. Nasceu como um prato rural, na região da Borgonha, na França, porque os camponeses só tinham acesso a cortes de carne duros que precisavam de cozimento longo para amolecer. Hoje, esta iguaria é um luxo e aqui compartilhamos uma receita mais moderna, para fazer facilmente em casa.

O vinho tinto é o protagonista do molho que, com os demais ingredientes, consegue arredondar um sabor profundo e delicioso.

vinhos e pratos de inverno

Ingredientes
Para 2 pessoas: 1 colher (sopa) de manteiga, 2 colheres (sopa) de azeite de oliva, 1 kg de carne (rosbife, paleta), sal e pimenta moída na hora (a gosto), 1 cebola picada, 1 alho picado, 1 colher (sopa) de farinha, 1 garrafa de vinho tinto, 2 folhas de louro, 1 colher (chá) de tomilho, 1 fatia de panceta ou bacon, 4 cebolas cortadas em rodelas, 1 bandeja de cogumelos, 3 cenouras fatiadas, açúcar e salsinha fresca a gosto.

Modo de preparo
Em uma panela grande, derreta a manteiga com o azeite de oliva. Corte a carne em pedaços grandes, tempere com sal e pimenta e deixar dourar. Acrescente a cebola picada e o alho e cozinhe em fogo moderado, mexendo ocasionalmente, até que a cebola amoleça, por cerca de 5 minutos.

Adicione a farinha e mexa. Cozinhe por alguns minutos e despeje o vinho, e em seguida as folhas de louro e o tomilho; tempere com sal e pimenta e deixe ferver em fogo baixo até a carne e o restante dos ingredientes ficarem cozidos (de 40 minutos a uma hora).

Enquanto isso, em uma frigideira, cozinhe o bacon ou a panceta cortados em cubos, agregue a cebola, os cogumelos, as cenouras e um fio de azeite, ¼ de uma xícara de água e uma colher (chá) de açúcar, sal e pimenta a gosto. Espere começar a ferver, tampe a frigideira e deixe cozinhar em fogo lento até que a água evapore e tudo esteja cozido. 

Misture ambas preparações, deixe esfriar um pouco e sirva com salsinha fresca picada. 

Sugestão de harmonização: atualmente, entre os vinhos argentinos, uma cepa ideal para as carnes é o Cabernet Franc e algumas opções leves para acompanhar este prato são Barrandica, da Bodega Antucura, o Benegas Estate ou o Domaine Bousquet Organic.

Guisado apimentado de milho  

Defumado e espesso, este ensopado se destaca pelo toque picante oferecido pela pimenta. O milho, grande aliado dos ensopados, é o protagonista do prato.

vinhos e pratos de inverno

Ingredientes 

¼ xícara de óleo vegetal, 1 cebola picada, 2 dentes de alho picados, 1 pimentão vermelho grande cortado em cubos, 1 kg de cenoura fatiada, 1 colher (chá) de pimenta chipotle em pó, 1 colher (chá) de cominho, sal, 1 lata de tomates pelados inteiros ou 500 g de tomates descascados, ½ chile chipotle (ou menos, depende da sua preferência pelo sabor apimentado), 1 ½ xícaras de água, 1 xícara de milho-cozido e escorrido, 1 xícara de feijão (cozido ou de lata), arroz integral, cebola roxa picada, coentro, nata e chips de tortilha ou torradas para servir

Modo de preparo

Em uma panela média aqueça o azeite, refogue a cebola e o alho. Adicione o pimentão e as cenouras e cozinhe por cerca de 5 minutos, mexendo ocasionalmente, até dourar levemente. Acrescente a pimenta em pó, o cominho e o sal. Cozinhe por mais 1 minuto.

Em um liquidificador, bata os tomates, a pimenta chipotle e a água até ficar bem homogêneo. Adicione a mistura à panela com o milho e o feijão e deixe ferver.

Cubra parcialmente e cozinhe até que os legumes estejam macios, cerca de 20 minutos. Tempere com sal, sirva com arroz temperado com cebola roxa picada e coentro e sirva com uma porção de nata e chips de tortilha.

Sugestão de harmonização: pensar em vinhos brancos é uma boa opção, porém é melhor que sejam de bom corpo e caráter, como Escorihuela Gascón Viognier, Perlita Chardonnay de Diamandes ou Tomero Reserva Semillón.

E você? Qual é a sua opção favorita de vinhos e pratos de inverno?

Descubra mais sobre os vinhos argentinos: https://blog.winesofargentina.com/pt-pt/breaking-pt/valeria-gamper/

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.