WOFA INNOVA: Conheça os três projetos ganhadores

Desafío WOFA Innova

A tradição é tão importante no mundo do vinho como a novidade. Entre essas duas variáveis se obtém o êxito e a sustentabilidade do negócio, mirando sempre em direção ao futuro a partir de uma constante releitura do passado. Mas apesar de os costumes estarem estabelecidos e poderem ser reinterpretados, é preciso construir o futuro. E para isso a inovação é importante. Mas o que significa inovar? Como alcançar esse atributo? E, sobretudo, em que âmbitos? O Desafio WOFA Innova é sobre isso e muito mais.

Com essas perguntas, Wines of Argentina lançou em fevereiro um desafio de inovação em parceria com a consultora Transforme, especializada nesse tipo de processos no setor dos negócios. 

Ao longo de dois meses e após vários encontros com os especialistas da consultora, as vinícolas argentinas inscritas tiveram acesso ao caminho criativo de uma inovação. O trajeto terminou com um concurso aberto para a geração de  ideias inovadoras, o Desafio WOFA Innova.

“A nossa intenção era incentivar as vinícolas e seus protagonistas a proporem projetos inovadores que, a partir da convocação do desafio, pudessem ser colocados em prática”, diz Magdalena Pesce, Gerente Geral de WOFA. 

E acrescenta: “As ideias que ganharam estão alinhadas aos valores atuais propostos pela nossa organização. Entre eles, impulsar novas tecnologias para criar e comunicar; entregar valor ao longo da jornada do cliente, como blockchain e outros; tomar uma postura clara em questões sociais, como as problemáticas de gênero, e fomentar o trabalho colaborativo, longe das estruturas de silo que caracterizam o setor e ampliando novas redes entre os atores”, detalha. 

Desafio WOFA Innova

O concurso estabeleceu cinco categorias sobre as quais apresentar projetos: Branding Não-Tradicional; Criação e Difusão de Conteúdos; Digital Networking; Eventos; e Ativação de Canais. Foram apresentados 80 projetos, dos quais 19 resultaram finalistas e 3 ganhadores. As outras duas categorias, pelo contrário, ficaram vagas. 

Os projetos vencedores do Desafio WOFA Innova são:

Ativação de Canais

Plataforma para Venda a Futuro de vinho. José Lovaglio, de Susana Balbo Wines, apresentou um projeto de criação de uma plataforma para formalizar um mercado de venda de vinhos a futuro, cujas transações se realizam com tecnologia de blockchain

“O que proponho –diz Lovaglio– é uma plataforma na qual, como uma autêntica rede social, existam perfis de produtores e clientes que vendam e comprem vinhos”. A garantia para a operação é dada por uma determinada emissão de moedas virtuais. 

“Quando o produtor tem clareza sobre quanto colhe e inicia a elaboração de seus vinhos, vai à plataforma e tokeniza a sua produção. Digamos que emite uma determinada quantidade de moedas, equivalente a um certo número de garrafas que os consumidores compram e acumulam de forma transparente. Logo, no futuro, podem trocar esses valores pelos vinhos”, explica.

O interessante da ideia é que não tem limitação geográfica. Pode partir do mercado local para se expandir rapidamente a outras regiões. “A proposta é levar transparência e confiança ao mercado de futuros para o qual é fundamental a adoção da ferramenta”. 

Desafío WOFA Innova
José Lovaglio

Lovaglio acredita que, agora que finalizou a etapa de projeto, as fases de incubação e ativação levarão cerca de um ano e meio. “Minha ideia é que seja um mercado com regras próprias e que não tenha um dono, mas sim que se alimente das transações efetuadas”, arremata. Uma ideia potente.

Branding Não-Tradicional

WOFA, Woman of Argentina. Apoiando-se em um jogo de palavras, Martín Pérez Cambet, à frente de Dartley Family Wines, propôs trabalhar o diferencial que as mulheres agregam ao vinho da Argentina; daí surgiu o nome WOFA: Woman of Argentina. 

“Sempre se fala de Malbec, de tango e de carne quando a intenção é promover o nosso país no mundo. Mas quando se trata de acrescentar valor realmente diferencial, de ter uma mensagem direta e renovadora, as mulheres são protagonistas indiscutíveis do nosso vinho e isso não ocorre em outros países: não se vê isso na França, na Espanha ou nos Estados Unidos”, justifica. 

“De Patricia Ortiz – que lidera “Bodegas de Argentina”– a Marina Gayán MW, de Laura Catena e Susana Balbo, empresárias e embaixadoras do vinho, de Lucila e Sofía Pescarmona a Paz Levinson, apenas para citar alguns nomes, as mulheres são protagonistas importantes da indústria do vinho argentino, à qual deixam a sua própria marca. A minha proposta é lançar valor a esse diferencial na comunicação”. Uma ideia que se destaca, com o timing justo para os tempos que correm.

Desafío WOFA Innova
Martín Pérez Cambet

Digital Networking

Meet Malbec. Pablo Tasso, Export Manager da marca “Vinos de La Luz”, é um argentino que há dois anos vive em Valladolid, na Espanha. Trabalhando lá ele se deu conta rapidamente da sinergia que as comunidades de profissionais do vinho argentino podem gerar  e propôs multiplicar o efeito com Meet Malbec: uma mistura de rede social e comunidade de usuários onde os especialistas se transformam em embaixadores do Malbec no mundo. 

Desafío WOFA Innova
Pablo Tasso

“Uma perna da ideia – diz Tasso– é uma rede de Relações Públicas, que se ativa inclusive apenas com um grupo de Whatsapp, por exemplo; a outra perna é uma plataforma virtual, que pode ser em formato de rede social ou portal, onde o usuário pode interagir com o sistema de RP através de recomendações, conteúdos e chats. Assim a mensagem do Malbec pode crescer e se multiplicar pelo mundo”, justifica. Se a união faz a força, Meet Malbec tem a intenção de funcionar como um megafone ao falar do vinho argentino.


Convidamos você a continuar descobrindo as últimas novidades no mundo dos vinhos argentinos:  Cresce a oferta de vinhos de envelhecimento biológico na Argentina

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *